Endometriose Intestinal

Dor abdominal intensa, náuseas e vômitos, diarreia ou dificuldade para evacuar e sangramento são alguns dos sintomas da Endometriose Intestinal. Isso mesmo a endometriose, já bastante conhecida e difundida pela ginecologia, também pode ser um caso gastroenterológico e é cada vez mais comum no consultório.

A Endometriose Intestinal ocorre porque o endométrio, tecido rico em glândulas e vasos sanguíneos que reveste internamente o útero, se desenvolve em torno das paredes do intestino dificultando o funcionamento do órgão. Dor na região pélvica, e durante a relação sexual, e ciclos menstruais irregulares também podem ser ocasionados pela doença, que afeta cerca de 27% das pacientes acometidas pela endometriose.

Sobre o diagnóstico, nós solicitamos a realização de exames de imagem para que possamos visualizar o tecido endometrial com maior clareza e precisão, podendo assim iniciarmos o tratamento que pode ser medicamentoso ou cirúrgico. O que nós solicitamos à paciente é que, após o tratamento, seja feito o acompanhamento como uma forma de verificar se a doença não voltou, porque existe essa possibilidade.

A dica primordial é fazer os exames de rotina e uma vez que a paciente sentir qualquer incômodo, procurar o médico especialista.

Dr. Marcelo Gonçalves- Cirurgião do Aparelho Digestivo              

CRM 5438